Vereador “Zé Ricardo” rende homenagens à saudosa e inesquecível Dona Rosa Rossigali Legramande

Publicado em 14 de dezembro de 2016 às 17h04

Fica denominada “Rosa Rossigali Legramande ” a Rua 6, no Residencial São Luis, com inicio na Rua 2 e término na Rua 1. Este é o Artigo 1º do Projeto de Lei nº 57/2016, de autoria do vereador “Zé Ricardo”, que homenageia a sua querida e inesquecível Avó Rosa, pessoa do bem e Deus, que deixou a vida na terra para estar ao lado do Criador, em sua nova missão, na eternidade.

Dona Rosa nasceu em 16 de janeiro de 1923, no distrito de Irupi, cidade de Paraiso. Ela foi casada com o Felippe Legramande e, desta união realizada em 23 de agosto de 1941, nasceram quatro filhas.

A saudosa homenageada é Avó de “Zé Ricardo”,  Renata Carvalho, Tânia, Silmara, Silvana, Marcelo de Oliveira, Mauro, Sandra, Marcos, Aureo Cavalleti (in memorian), Márcia, Maria do Carmo, Jeferson, Anderson, Edson e Ana Rosa Faria.

Dona Rosa ficou viúva aos 36 anos, com quatro filhas pequenas. Sozinha e sem ajuda de ninguém, ela lavava e passava roupa para fora para sustentar sua família. Ela teve ajuda de suas quatro filhas que, muito jovens ainda, se propuseram a trabalhar para ajudar no sustento.

No ano de 1963, após sua terceira filha, Dona Carmen, se casar com o Sr. Jaime Carvalho (Pilão – in memorian), foi morar na casa do seu genro. Lá, Dona Rosa criou e educou o primeiro filho do casal, José Ricardo Carvalho. Criou e educou a segunda filha do casal, Renata Aparecida Carvalho Cotugno. Criou e educou as filhas de José Ricardo e Renata.

A saudosa homenageada participou ativamente do crescimento dos demais netos, mesmo que a distância. Muitos foram os ensinamentos da Dona Rosa que ficarão guardados por toda a eternidade, pela grandeza de vontade de viver que tinha.  Ela faleceu no dia 1º de maio de 2016, aos 93 anos de idade, deixando saudades eternas em seus familiares que tanto a estimavam e amavam e que ainda não se acostumaram a viver sem a “Vó Rosa”, hoje mais um Anjo que está com Deus.

Ao usar da palavra, a pedido do autor da propositura, que estava muito emocionado, o vereador Francisco Lucente (Tio Frank), agradeceu a oportunidade e ressaltou os laços de família espiritual e amizade de muitos anos.

“Tio Frank” destacou que Dona Rosa foi uma mulher de honra, corajosa e valente, sempre alegre e feliz. “Era a fortaleza em pessoa, por isso criou uma família brilhante que cresceu e deu frutos maravilhosos”, afirma o parlamentar .

O vereador “Zé Ricardo” e sua Mãe, Dona Carmen/Foto: Ronaldo Magu

O vereador “Zé Ricardo” e sua Mãe, Dona Carmen/Foto: Ronaldo Magu

Leia mais sobre

Veja também

Comentários