Prefeitura concede abono de 170 reais e Câmara 1000 reais

Edis discursaram que é preciso valorizar o funcionário, a Câmara fez economia pra isso.

Publicado em 2 de dezembro de 2015 às 10h29

Na 110ª sessão ordinária, na noite de segunda, 30, a Câmara Municipal aprovou em regime de urgência projetos que tratam do abono salarial para os funcionários públicos.

Prefeitura
Os funcionários da Prefeitura receberão R$ 170 de abono, que será pago no dia 11 de dezembro, segundo o relator do projeto vereador Layrton, não houve diálogo com a Câmara, mas é o que a Prefeitura poderá dar esse ano. Sou favorável, mas sabemos que é pouco.
Segundo Marcelo Augusto, a prefeitura só poderá dar os R$ 170,00 em virtude da forma que foi administrada o ano todo, cada casa faz suas economias e sabe o quanto pode oferecer para seus funcionários.
Veja a mensagem do projeto enviado pela Prefeita Silvia Meira

Mensagem abono salarial

Câmara
Assinado por 10 vereadores,o projeto do abono salarial foi votado em regime de urgência, foi apresentado pela mesa diretora, três vereadores votaram contrário, Valdecir Sanches, João Picolo e José Inforçatti.
Layrton discursou parabenizando a mesa diretora pela economia feita durante o ano, “eu tiro o chapéu pela forma de economia em 2015, os servidores são merecedores desse abono, esta casa tem mantido a média dos últimos anos. São casas diferentes por isso essa diferença de 170 para 1000 reais.”
Marcelo Augusto, se não fosse o retorno do cartão Sind Plus, a Prefeitura não poderia dar nada de abono, “torraram o dinheiro”. A Câmara economizou e fez devolução para a Prefeitura de 120 mil reais, indicando para tratamento de cataratas e mesmo assim ainda conseguiu dar 1.000 reais de abono para seus funcionários, que estão aqui todos os dias, auxiliando o trabalho dos vereadores.

Leia mais sobre , , , , ,

Veja também

Comentários