você está em
Jaboticabal/SP

Prefeitura cede prédio para instalar Centro de Solução de Conflitos e Cidadania

Novo serviço começa a funcionar nos próximos meses

Publicado em 2 de fevereiro de 2018 às 12h37

O prefeito José Carlos Hori participou de uma reunião para ceder um prédio da Prefeitura de Jaboticabal ao Tribunal de Justiça de São Paulo. A audiência reuniu autoridades dos poderes Executivo e Judiciário na semana passada, no Fórum de Jaboticabal. O Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) visa minimizar conflitos, incentivar a conciliação e diminuir a duração de processos.

Para Hori é importante a prefeitura apoiar projetos que visam o melhor convívio social. “Hoje temos uma sociedade menos tolerante e os processos judiciais aumentaram no Brasil inteiro. Queremos incentivar o diálogo para resolver os problemas da melhor forma possível. Agradeço muito toda a equipe do Fórum de Jaboticabal, que se empenhou muito para concretizar este antigo sonho dos juristas”.

Após a reunião, Hori, o Juiz de Direito, Dr Jorge Luiz Galvão; a Dra Ethel Cipele, Promotora de Justiça; o representante da OAB, Dr Rodrigo Servidone; Sueli Biancardi, prefeita de Taiaçu, o secretário de Governo, Welington de Caiado Castro; o secretário de Negócios Jurídicos, Leonardo Matsushita e os funcionários do Fórum, visitaram o prédio, localizado atrás do Fórum.

Cejusc – É uma unidade do Poder Judiciário especializada em atendimento ao público para a solução consensual de conflitos e orientação nas matérias relativas à cidadania. A mediação e a conciliação são métodos alternativos de resolução de conflitos. O objetivo é prestar auxílio a qualquer cidadão na tentativa de solução de um problema, sem a necessidade de uma decisão judicial. O conciliador ou mediador ajuda os envolvidos na demanda a encontrarem uma solução juntos, dentro da lei.

Leia mais sobre ,

Veja também

Comentários