Auditório do Memorial da América Latina será reaberto em 2017

Publicado em 7 de dezembro de 2016 às 3h22

Espaço contará com nova estrutura e acessibilidade; destaque para a tapeçaria da artista plástica Tomie Ohtake que ficará pronta no próximo ano.

O Auditório Simón Bolivar do Memorial da América Latina reabrirá suas portas ao público em 2017. O anúncio foi feito pelo governador Geraldo Alckmin nesta segunda-feira (5) em visita técnica ao espaço. “Entramos na última etapa de obras. A parte estrutural foi feita pelo IPT (Instituto de Pesquidas Tecnológicas) e toda parte artística também foi modificada. O Memorial volta com mais segurança, nova estrutura, tecnologia, inclusive possibilitando mais salas e acessibilidade”, disse o governador.
Alckmin também destacou “que todo o trabalho de restauro, desde a parte estrutural, obedece fielmente ao projeto original de Oscar Niemeyer”. O projeto foi executado pelo Consórcio Ammtel, vencedor da licitação da fase final do restauro, dedicada às obras civis, de cenografia e luminotécnica.

Com aproxidamente quatro cores e uma área total de aproximadamente 900 m², uma nova tapeçaria está sendo produzida em parceria com o Instituto Tomie Ohtake e será doada para a Fundação e para o Governo do Estado.

Já na saída, o governador conheceu a exposição de Ferromodelismo gigante (mais de 100 metros) que o Memorial vai abrir no próximo sábado (10). A mostra integra a programação especial que comemora dois milhões de visitantes em 2016, um recorde histórico entre as instituições culturais públicas de São Paulo.

Do Portal do Governo do Estado

Leia mais sobre , , ,

Veja também

Comentários